sexta-feira, 27 de março de 2009

Traumatizada e matuta!

Uma vez li um artigo que me chamou atenção e que nunca esqueci. Era uma espécie de teoria explicando porque necessitamos tanto estar entre amigos, compartilhar nossa vida com pessoas queridas, fortalecer os laços familiares e buscar incessantemente uma pessoa que viva ao nosso lado a vida inteira.

Resumindo de forma grosseira, o texto dizia que ao nascer, o homem passa por um processo de solidão profunda. Separa-se da mãe e passa a interagir com um mundo diferente e até mesmo agressivo – luzes, vozes... O trauma seria tão profundo que ele passaria toda a sua vida buscando pessoas para estarem por perto, próximas, íntimas, em relacionamentos profundos, para realmente preencher a sua vida com outras vidas.

Tudo isso faz o maior sentido! O problema é que o homem de hoje se esconde em meio às multidões, aos sentimentos superficiais, declara aos quatro cantos que não precisa de ninguém, que gosta da solidão, que o sexo se basta pelo prazer e que querer viver para sempre ao lado de outra pessoa é coisa de matuto. Chegam ao fim da vida e se lembram da outra solidão: a morte.
Foi aí que descobri que sou uma pessoa extremamente traumatizada. Que dependo das pessoas – no bom sentido da palavra, dos amigos, da família, dos meus sentimentos e de todos que amo. Quero relacionamentos profundos, completos, íntegros e honestos. Quero ser matuta ao ponto de ter uma pessoa para a vida inteira e esquecer-me completamente da solidão.

5 comentários:

  1. Bom dia, flor do dia!!!
    Lindo texto!!!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Clarinha!
    Um ótimo fim de semana para você...

    ResponderExcluir
  3. Tem razão. Me põe nessa lista de matutagem aí tb...
    :oP

    ResponderExcluir
  4. oi Mi... que lindo seu texto. Tava inspirada, como sempre! O problema dos dias modernos a falta de tolerância pra tudo. Por isso não temos muitos relacionamentos profundos, honestos, como os que vc citou. Mas, a esperança é a última que morre e também sou matuta... pena que ainda nao tenho o meu matuto pra compartilhar as coisas da vida...
    bjosss e até amanhã!

    ResponderExcluir
  5. mto bacana o texto!
    Ando com uma vontade tao louca de ser matuta... aiai... ô amigaaaaa, que saudade de vc...

    ResponderExcluir